Cidade perdida da civilização maia

Por quê um GAROTO, de apenas 15 anos, conseguiria encontrar uma CIDADE PERDIDA da Civilização MAIA, a partir da observação do céu, no seu quarto, utilizando apenas Mapas simples e o GOOGLE ?

Não seria a prova da Reencarnação de um Sacerdote da Civilização MAIA ?

Menino de 15 anos testa teoria própria e descobre cidade maia

 (Foto: Divulgação/Canadian Space Agency)

O canadense William Gadoury, de 15 anos, pode ter feito história ao descobrir uma cidade maia até então desconhecida a partir da observação das estrelas e com a ajuda do Google Maps.

Segundo o Journal de Montréal, o morador da província de Quebec (Canadá) estudou 22 constelações, reproduziu todas elas em um mapa e, ao analisá-lo, percebeu que elas correspondiam às coordenadas geográficas de 117 cidades maias espalhadas pelo México, Guatemala, Honduras e El Salvador. 

Ao aplicar sua teoria a uma 23º constelação, sempre usando dados da Agência Espacial Canadense, e checar a localização no Google Maps, William encontrou vestígios de uma nova cidade na Península de Iucatã, no México. 

“Eu não entendia porque os maias construíram suas cidades longe dos rios, em terras marginais e nas montanhas. Eles tinham outra razão. Como eles adoravam as estrelas, tive a ideia de verificar minha hipótese”, conta William ao jornal Positivr. “Fiquei realmente surpreso e animado quando percebi que a posição das estrelas estava combinando com as maiores cidades maias”.

(Foto: Divulgação/Canadian Space Agency)

A descoberta do menino é única porque, em todos esses anos, nenhum cientista relacionou as constelações à localização de regiões maias. 

Especialistas acreditam que os 30 pequenos prédios e a pirâmide de 86 metros de altura sejam parte da quarta maior cidade maia, com 80 e 120 km², e já foi batizada pelo estudante como “K’aak Chi” (Boca de Fogo).

Agora, uma expedição está sendo organizada para chegar até a região, que é de difícil acesso. William, que ganhou uma medalha da Agência Espacial Canadense, deseja ver a descoberta, feita de dentro de seu quarto, com os próprios olhos. “Seria a culminação de meus três anos de trabalho e o sonho da minha vida”, define o menino, que começou a se interessar pela civilização antiga após as previsões de que o mundo acabaria em 2012.

No ano que vem, o jovem virá ao Brasil para participar de uma feira de ciências internacional.

Anúncios

Nasa: “Existem portais no campo magnético da Terra”

O norueguês Arild Heitmann ficou com a segunda colocação na categoria "Terra e Espaço" por sua imagem Mundo Verde. A aurora boreal, aqui fotografada em Nordland Fylke, na Noruega, é provocada por mudanças no campo magnético terrestre. (Foto: Arild Heitmann):

Pesquisas patrocinada pela NASA na Universidade de Iowa desenvolveu uma maneira para caçar portais magnéticos escondidos na vizinhança da Terra.

 

O portal é um atalho, um guia, uma porta para o desconhecido. Explica o físico Jack Scudder:
“Nós os chamamos de X-pontos ou regiões de difusão de elétrons. Eles são lugares onde o campo magnético da Terra conecta-se ao campo magnético do Sol, criando um caminho ininterrupto líder do nosso próprio planeta para a atmosfera do Sol 93 milhões de milhas de distância.

Observações da NASA e sondas cluster da Europa sugerem que estes portais magnéticos abrem e fecham várias vezes por dia.

Eles estão normalmente localizados algumas dezenas de milhares de quilômetros da Terra, onde o campo geomagnético se encontra com o vento solar.

A maioria dos portais são de tamanhos variáveis, instáveis, e imprevisíveis.

Toneladas de partículas energéticas entram através das aberturas, aquecendo a atmosfera superior da Terra, provocando tempestades geomagnéticas, criando as auroras polares brilhantes.

Só há um problema para encontrá-los. Portais magnéticos são invisíveis.

Eles abrem e fecham sem aviso, observa Scudder.

Fonte: http://www.nasa.gov/mission_pages/sunearth/news/mag-portals.htm

“Forças ocultas, leis desconhecidas, esperam que a alma humana delas se utilize e, à medida que se espalhe o progresso moral, mais dos homens se beneficiarão na fonte bendita do conhecimento.”(Emmanuel,Francisco Cândido Xavier, pág.89, Ed. Feb.)
Um caso muito interessante que de uma certa forma se aplica a essas teorias foi vivenciado pelo almirante Richard E.Bird, em 1.929, em seu vôo de reconhecimento do Polo Sul. Segundo o seu próprio relato radiofônico, derrepente Bird emergiu num intenso nevoeiro e ao sair deparou-se com uma terra sem gelo, podendo distinguir vegetação, lagos, animais e homens, flores, alces e bisões do período Plistoceno. Esse depoimento teve enorme repercussão na época, sendo muitos livros escritos a respeito desse inusitado episódio. Embora muitos acreditassem em um delírio, outros porém acreditaram que ele entrou em um desvio do tempo causado pelo intenso magnetismo da região, ou mesmo que tivesse encontrado a terra mágica de Shambala.
Entendemos que lugares especiais no planeta como pirâmides, mosteiros, lugares sagrados seriam centros formadores de forças cósmicas formando e facilitando assim, a vias de acesso a planetas ou a cidades espirituais. Como exemplos temos Santiago de Compostela(Espanha), Machu Picchu(Peru), Yucatan(México), Stonehenge, (Ilha de Avalon Inglaterra), Fátima(Portugal), Jerusalém(Israel), Cairo(Egito), Serra do Roncador(Brasil) etc.

No Livro: Os Mensageiros, Francisco Cândido Xavier pelo Espírito André Luiz, Pág.85:.
… “A eletricidade e o magnetismo são duas correntes poderosas que começam a descortinar aos nossos irmãos encarnados alguma coisa dos infinitos potenciais do invisível, mas ainda é cedo para cogitarmos de êxito completo…”.

Fonte: Luz Espírita

OVNI com formato de “nave mãe” surge nos céus de Santa Catarina

image

A imagem acima é surpreendente: lembra a incrível nave mãe do filme “Independence Day” com toda a sua imponência enquanto parece sair das nuvens.

A imagem foi postada das redes sociais com o seguinte texto:

“Essa é uma foto tirada hoje 04/02/2016 por uma amiga, uma pessoa muito séria, que a tirou da janela do avião, quando chegava em Santa Catarina, por volta das 13:00h. Por mais cético que eu seja é de arrepiar, ainda mais sendo uma foto de uma pessoa conhecida, que não tem nenhum interesse em se auto promover na internet. Então realmente é pra refletir, existe alguma explicação para essa imagem???”, diz o texto publicado nas redes sociais.

Caso não seja uma montagem (99% de chance!), há uma grande possibilidade de que “Eles” tenham finalmente chegado!

Leia mais em:

http://arquivoufo.com.br/2016/02/06/ovni-com-formato-de-nave-mae-surge-nos-ceus-de-santa-cataria/

Dinamarca – o primeiro país que, por lei, só terá agricultura biológica

Dinamarca - o primeiro país que, por lei, só terá agricultura biológica

A Dinamarca está a preparar-se para ter uma agricultura totalmente sustentável. Este é um dos projetos que o atual governo tem intenção de pôr em prática – transformar a agricultura dinamarquesa em 100% biológica.

A primeira meta, a ser alcançada até 2020 é a de se duplicar a quantidade atual de terra cultivada em modo de produção biológico. Atualmente, a Dinamarca já é o país com maior desenvolvimento e amplitude do comércio de produtos biológicos. E em 2015 pretende investir mais de 53 milhões de euros para ampliar a agricultura biológica.

A agricultura biológica na Dinamarca está à frente do seu tempo. São já quase 25 anos de existência e aplicação de leis sérias de proteção à natureza, às águas, ao uso de defensivos e outros produtos agrícolas, sendo que 97% da população conhece o seu significado e importância. É um verdadeiro recorde, assim como o facto de que a despesa total de alimentos do país é composta por 8% apenas de produtos certificados. E desde 2007, a exportação de produtos biológicos na Dinamarca aumentou em 200%.

Com esta ótica, a Dinamarca propõe-se hoje a trabalhar em duas frentes diferentes: uma delas visa aumentar a quantidade de terras agrícolas que usem agricultura biológica e o outro, estimular uma maior procura por produtos de origem comprovadamente biológica e sustentável.
Assim, serão privilegiados os produtores que quiserem investir na conversão das suas terras, da agricultura convencional para a biológica e biodinâmica e os projetos que visem o desenvolvimento de novas tecnologias para a promoção da sustentabilidade no campo.
Neste contexto, já está em marcha a ocupação de áreas antes baldias, com produção de legumes sazonais de forma biológica.

Como primeiro objetivo, o país pretende oferecer às escolas, cantinas e hospitais, até um 60% de alimentos de origem biológica. Atualmente essas instituições públicas nacionais servem 800 mil refeições por dia. A mesma política, de servir só refeições de origem biológica, já está a ser ampliada para os ministérios dinamarqueses nas suas cantinas.

Na educação já está sendo prevista uma reforma do sistema atual para incluir cursos de nutrição, alimentação saudável e agricultura natural.

Em suma, o país inteiro, com todas as suas instituições, marcha junto para se transformar numa região livre de fitofarmacêuticos, onde a alimentação saudável é assunto de estado.

Fonte: greenMe