Tempos difíceis esses!

 

A lei de causa e efeito é implacável e a coisa mais certa de nossa existência.
A roda da vida está girando e nada permanece igual ao longo do tempo. E aquilo que nos parece estar levando ao caminho certo, nada mais é do que convenções criadas por uma sociedade que se perde pouco a pouco na ignorância, preconceito e falta de sensibilidade.
Vivemos um momento de recolhimento e introspecção. Descrentes, nos colocamos como observadores de acontecimentos que nos desanimam e ferem, porque é mais fácil nos abstermos, do que tomarmos as rédeas de nossas próprias vidas.
Durante toda a história da humanidade, passamos por períodos cíclicos, porém, necessários para a limpeza da sujeira moral que geramos por nossos pensamentos, emoções, sentimentos e atitudes impensadas.
Atualmente, todas as grandes religiões do mundo se sentem impotentes para suprir o desencanto espiritual de seus fieis.
Religião vem do termo “religare” e significa religar-se a Deus. Mas isso só será possível, quando aprendermos a religar-nos uns aos outros. O que não tem acontecido nesses tempos difíceis, pois enquanto permanecermos preocupados apenas com nossos próprios umbigos, estaremos a caminho tão somente de um futuro incerto e desconhecido.
Que encontremos a paz que nunca foi nossa…
Perdoe-nos, oh pai! porque ainda não sabemos o que fazemos!

Karma, coincidência ou acaso?

 

Ontem jantei com um amigo muitíssimo culto e grande estudioso de filosofia, cosmologia e temas afins…  Ele um médico cirurgião apaixonado pelas pessoas e com uma consciência de missão de vida extraordinária. Lembramos do passado, de nossas profissões, de viagem, livros, religião, vinhos, relacionamentos, até que surgiu o tema Karma. Ele me perguntou: O que essa palavra significa para você? Eu disse a ele que na minha opinião, antes de encarnar, o espírito “escolhe” aquilo que virá fazer, aprender, ensinar, se alegrar ou sofrer, na encarnação que se apresenta. E que no fundo mesmo, pra mim significa que o tal livre arbítrio às vezes é questionável, pois aquilo que precisamos vivenciar, ou seja, que está destinado, não temos outra opção a não ser passar por determinado evento na vida. Ele abriu um largo sorriso e me disse: então acho que você é meu karma, pois me casei, separei e nunca consegui te esquecer. E olha que coincidência: me mudei para mesma cidade. Sendo assim, acho que devemos finalmente ficar juntos.

Não sei se ele também é meu karma, só sei que coincidências não existem! E nada como o tempo para curar feridas e promover reencontros.

Bem, brincadeiras a parte, achei o tema conveniente e então resolvi falar a respeito…

O “Karma”, ou “Carma”, é a energia gerada pelas nossas ações numa vida, que se reflete noutras vidas.

A palavra Karma deriva do sânscrito e surgiu associada ao Budismo e ao Hinduísmo, sendo mais tarde adaptada pelo Espiritismo. Também a Cabala — filosofia que tem origem no Judaísmo — defende a existência da vida após a morte, acreditando que a alma regressa à Terra tantas vezes quantas forem necessárias para completar o seu processo de evolução, superando sempre as provas que recebe como consequência dos seus atos. Tanto o Budismo como o Hinduísmo defendem que a alma encarna ao longo de muitas vidas, visando sempre a evolução espiritual.

O objetivo do reencontro entre pais, filhos, irmãos, tios, marido e mulher é proporcionar uma oportunidade para se resolver o problema em questão. Isto acontece recriando-se o mesmo problema em um curto espaço de tempo.

Quando os parceiros se conhecem, logo sentem uma compulsão de estar mais perto um do outro, e depois de algum tempo, começam a repetir os padrões emocionais dos seus antigos papéis. Então, o palco está armado para que ambos enfrentem um antigo problema de novo, e talvez lidem com ele de uma forma mais amadurecida. Ou um dos parceiros pode colocar tudo a perder novamente e cometer os mesmos erros do passado. Destino ou livre arbítrio? Eis a questão…

Relacionamentos cármicos quase nunca são duradouros. São na maioria das vezes mais destrutivos do que curadores. Algumas cicatrizes são profundas, difíceis de curar. Mas quando você consegue colocar sua cabeça no lugar, pode acabar percebendo que a melhor coisa que poderia ter acontecido em sua vida é o seu relacionamento não ter dado certo.

A característica de um relacionamento cármico é que os parceiros carregam emoções não resolvidas dentro de si, tais como culpa, medo, dependência, ciúme, raiva ou algo do tipo. Devido a essa “carga” de emoções não resolvidas, eles se sentem atraídos um para o outro, em outra encarnação.

Um dos parceiros pode ser fraco demais para ter coragem e ir além. Nesse caso, não tente trabalhar nele mais uma vez. Por isso, desapegar-se daquilo que te fez mal, é a melhor alternativa. Afinal, você não vai querer voltar numa próxima vida para resolver a questão, não é mesmo?  Eu não gostaria…

Uma dica para esquecer rapidamente é lembrar-se apenas dos momentos ruins. Depois, comece a fazer orações pela pessoa. No início é bem difícil. Mas não desista, quando menos esperar vem à compaixão e o desejo que esta pessoa tenha outras experiências e aprenda com elas. Vire a página, queime fotos, não queira notícias e não procure amigos em comum. E principalmente não sinta rancor ou ódio. Apenas agradeça pela oportunidade de um grande aprendizado.

A vida segue e mais aprendizado teremos no caminho…

Namaste

 

 

Porque acordamos às 3h da manhã

Já tinham parado para tentar entender ou buscar explicações para este fato?

Yoga girl http://girls-do-yoga.tumblr.com/ Dizem os especialistas: O Sol UVB "meio-dia" é que absorve o hormônio D3, junto com a vitam. K. O sol se auto-regula, e para cada pessoa um tempo mínimo de exposição. Alguns filtros solares, com seus inúmeros componentes químicos, está associado a muitos cânceres. O complemento Vitam. D p Idosos é fundamental pq precisam de 4x. O Sol evita inúmeros tipos de doenças, e no passado sempre foi reverenciado. VIVA o ASTRO-REI!:
Uma breve explicação…

Quando o psiquismo da Terra, ou seja, o campo de energia coletivo está muito conturbado, somos acordados pela espiritualidade para que nos coloquemos em oração e assim, junto com outras tantas pessoas acordadas no mesmo horário, melhoremos a energia do planeta e mudemos a vibração.
Porém, pode acontecer de que como a grande maioria de nós desconhece esse chamado, não se conecta a nada e tenta dormir de novo ou levantar para assistir tv. O que é péssimo!
Bem, quando esta tática não alcança os efeitos necessários, então para aliviar esta energia negativa que paira no mundo, os DEVAS (seres de elevada hierarquia espiritual) que comandam os elementais da natureza, ordenam com grande pesar, mas entendendo a importância da decisão, que esses elementais provoquem uma catástrofe, tragédias ou fenômenos na natureza, enfim…
Informando que elementais não são seres maus e nem bons. São simplesmente criaturas divinas que executam as ordens. Devas são os arquitetos… elementais são os executores.
Mas voltando ao assunto, porque disso? Porque infelizmente a única linguagem que muitos de nós consegue compreender é a linguagem do sofrimento.
Quando catástrofes acontecem, todos se conectam através da compaixão, do auxílio, da amorosidade, mas principalmente através da oração. E dessa forma, quando estamos todos voltados a olhar o outro como irmão e nos colocarmos no lugar uns dos outros, então o campo de energia da Terra se fortalece, se renova e por algum tempo tudo se equilibra. E assim o ciclo recomeça, até compreendermos que somente o amor e a união nos darão o suporte necessário para a nossa evolução espiritual.
E aqui não estamos falando de religião. Até mesmo porque não interessa a sua… Até mesmo porque muitos de nós desconhece o significado real da palavra. A prova disso, é a briga entre os considerados religiosos de que a sua crença é a que te levará mais rapidamente ao céu… que pra muitos pode ser comprado!!!
Nossas crenças limitantes não auxiliam em nada! E me coloco nesse bolo também. Afinal não sou perfeita. Mas busco diariamente ser melhor hoje do que fui ontem. A mudança de pensamento e sentimento não é fácil e quem disse que seria? Mas se faz necessária!

Definição de amor

Amarração Amorosa para Todos(Trago seu Amor de Volta): bruxaria com rezas:

Hoje acordei pensativa. Um amigo muito querido desencarnou recentemente e nesta noite veio me fazer uma visita. Falamos de projetos profissionais e lembranças boas que sentíamos saudades. Ele então me disse que de tantos biólogos que existem por aí, eu sou uma que realmente fiz a diferença e fiz o que se esperava que todos fizessem. Porque eu tenho um ingrediente muito importante: amor

Amor meus amigos é o que move o mundo. Não sei ainda amar incondicionalmente como alguns pregam por aí. Mas já amei a ponto de deixar a mim mesma de lado para ensinar o que era o amor, a outra pessoa. Infelizmente, não consegui! Tem pessoas, acredito eu, que nesta vida, nunca saberão. Pelo simples fato de que não se amam também…

Mas tenho um texto interessante que gostaria de compartilhar com todos vocês. Este texto pra mim diz tudo e ajuda a entender o real significado!

BOA LEITURA!

Despeje na sua vida uma carrada de amor, de diferentes idades, de todo tipo de cor… sem inventar divisões por crenças, religiões ou opção sexual, e eu garanto a você que você vai entender que todo o amor é normal. O importante é amar sem rédeas, sem censura, mesmo que a sociedade às vezes seja tão dura. Amar é sentir coragem, sem fingir, sem camuflagem, sem medo de ser julgado. Pois quem julga um amor, não é juiz não senhor… é um mau amado… Ninguém pode escolher a quem se ama. é o amor quem lhe escolhe e lhe diz: vá lá! Não existe regra certa pra amar. Deus é quem escolhe e dirige toda a trama, um roteiro escrito com comédia e drama e que ninguém sabe como o filme vai findar… Deixe o amor lhe carregar e se existe um fato em que acredito é que todo o amor é bonito. Feio mesmo é viver e não amar.

O tempo não perdoa

2d4ba33c47923de9f9ade14339dc9bab

Essa vida terrena é mesmo uma escola! E hoje já não dá mais tempo de rodar de ano. Passa tão rápido… pessoas queridas se vão antes de ti. Tudo que antes parecia tão importante, perde o valor. Hoje estamos aqui e amanhã? A gente passa por tanta coisa na vida. Tu vai ficando anestesiado e de certa forma acostumado. Vai percebendo que tudo é passageiro, tudo é transitório. As dores amenizam com o tempo e tu até te acostuma com elas. Vai se tornando resistente, endurecido ou resiliente? Não sei… Só sei que a cada dia que passa, é mais um dia de experiências…

Grande parte das pessoas importantes na minha vida, minha família espiritual, está indo antes do combinado, ou será que o combinado foi o contrário? Mais uma vez eu me encontro dentro de um hospital vendo uma pessoa que amo, lutando para continuar aqui neste plano. E eu ali, olhando envergonhada por não ter 1/3 da fé que ele tem. 

É incrível quando tu chega ao ponto de compreender que o sofrimento se faz necessário até mesmo como purificação espiritual. A gente sente um misto de tristeza por não poder fazer nada, com um misto de entendimento de que tu só precisa estar ali.  

Obrigada Buda, Sai Baba, Jesus, Deus, Alá, Jeová… seja qual for o teu nome! Obrigada por todas estas experiências difíceis na minha vida. Obrigada por tudo que eu tenho! E por tudo que sou!

Tudo é ilusão

12348070_590087394474757_936978720983106341_n

Você que veio das estrelas e deu o grande mergulho no mundo da matéria. Eterno viajante das estrelas és todo luz, és todo força e agora te sentes estranhamente só.

Você que veio das estrelas abriu mão da realidade  universal para abrigar-se em um corpo físico, e vir habitar este mundo de ilusões, assim como eu busca a evolução que se dá principalmente através da experiência, do amor e do perdão que eu ainda não consigo dar. A mentira é difícil de aceitar!

Namaste!

Reconexão

White:

Fala-me bruxa! Porque os homens insistem em acabar com as florestas, com as águas, com os animais? E a bruxa respondeu: porque o homem se afastou da natureza! Se os uivos fossem como palavras, Os homens poderiam aprender como rege a Ordem e Respeito numa Alcateia.
Se os uivos fossem como palavras, Seria possível ouvir os apelos famintos do caçador em noite de Lua.
Se os uivos fossem como palavras, Todos poderiam ouvir e entender a clara voz dos Deuses.
Se os uivos fossem como palavras, Perderiam toda sua Magia